Blog Multlinks

criacao-de-persona-para-empresas

No post anterior abordamos sobre a importância da criação da persona como estratégia de marketing digital. Agora, vamos determinar a melhor forma de criar a persona da sua empresa, para obter maior alcance dos consumidores e definir com mais precisão os produtos e serviços oferecidos.

As empresas mais bem-sucedidas de todo o mundo alcançam seus objetivos por meio de múltiplas estratégias; entre elas: a implantação de SEO (otimização dos mecanismos de busca) e a criação da persona, que são ações fundamentais para colocar em campo as estratégias de marketing digital. Essas duas ações tem algo em comum: o conteúdo; através do qual será estabelecido o contato com o cliente e um maior alcance, com proximidade e contato direto, como numa conversa confidencial.

Partindo da premissa de que a persona é uma representação personalizada e humanizada do seu público-alvo, entendemos a necessidade de direcionar os produtos e serviços certos para as pessoas certas. Para isso, devem ser produzidos conteúdos específicos, com linguagem personalizada e aliada à estratégia escolhida para ser posta em prática. Além disso, é importante saber onde a persona busca informações e quais são os seus reais desejos de consumo.

Após essa fase, é necessário definir o perfil da persona a partir das características da maioria dos seus clientes; e com esse perfil, iniciam-se as pesquisas de comportamento da persona. Para definição ou observação do comportamento é necessário levantar questionamentos como:

- quem é a persona, suas características físicas, psicológicas e desejos de consumo;

- quais são os interesses pessoais e profissionais da persona, assim como por qual produto ou serviço da sua empresa ela se sentiria atraída e impulsionada a consumir;

- qual seu nível de escolaridade, profissão, status e desafios que enfrenta para realizar seus desejos;

- que tipos de produtos ela consome e ambientes que frequenta;

- como e por quem suas decisões podem ser influenciadas (peso de decisão).

A partir dessas informações, é necessário se colocar na posição de cliente e visualizar através dele seus desejos, dificuldades para alcançá-los e como ele se comporta buscando os serviços e/ou produtos que sua empresa oferece.

A partir da impressão obtida com essas informações será possível projetar o cliente de forma mais idealizada e personalizada. Daí a denominação “persona”. Algumas características como o nome, idade, profissão, nível de escolaridade, interação com veículos de comunicação, objetivos e desafios, entre outros são as características mais específicas que definem uma persona.

Definida a persona, seu perfil pode ser compartilhado com toda a empresa e setores envolvidos na prospecção e fidelização de clientes, assim como no lançamento de novos produtos.

A persona é como uma personagem. Sim! Aquele ser fictício que representa a mocinha, o vilão, a professora, o curioso, o nerd...  os quais assistimos a atuação e comportamento cientes de que são seres fictícios que se manifestam para ilustrar situações reais. Ou seja, persona é o ser fictício que fornecerá para sua empresa como se comporta os potenciais clientes na realidade, no mercado em que o segmento da sua empresa está inserido.

Com essas dicas, agora é só colocar a mão na massa, iniciar as pesquisas e assistir à ascensão do marketing digital da sua empresa e das estratégias de resultado.