Tag Archives: empresa

copywriting-sua-empresa-pode-vender-mais-pela-internet

Copywriting – Sua empresa pode vender mais pela internet

Você já ouviu falar em Copywriting?

O Copywriting é responsável por atingir, através da arte de sua escrita em páginas da web, anúncios, materiais promocionais, outdoors, anúncios em revistas, cartas de vendas, blogs e outras mídias, desde o vendedor até o cliente final. Geralmente, as empresas utilizam de planejamentos comuns, como por exemplo, contratar um vendedor para alcançar o público segmentado. Nesse caso, o Copywriting, com suas palavras cópias é capaz de transformar sua arte de juntar palavras, em ponto de venda.

Atualmente, na era digital que estamos vivendo, uma boa redação é fundamental para o sucesso online de uma empresa, seja ela: pequena ou grande. O Copywriting é uma técnica que utiliza o design, marketing de conteúdo, SEO, entre outros. Trazudindo, “copiar-escrevendo”, é dar significado e atualização para um projeto e estabelecer as bases para qualquer planejamento em marketing digital.

Para se tornar um Copywriting, não é necessário ser o melhor escritor do mundo, só é preciso escrever bem o suficiente para que a comunicação entre a marca e o cliente seja clara, com português devidamente empregado no texto e revisar muitas vezes, se a mensagem descrita não possui erros gramaticas. Com esses fatores alinhados, é possível passar credibilidade.

Cinco dicas básicas para fazer uma cópia com sucesso:

1 – Se destaque: chamar atenção do público é fundamental, utiliza de variados recursos. Faça testes e descubra qual a melhor maneira de atraí-los.

2 – Criar conexão: é muito importante que a mensagem seja transmitida de acordo com as intenções da marca ou empresa, criando uma ligação com os clientes.

3 – Explique o conflito: se a intenção é resolver algum problema, é importante diagnosticar palavras que não deixem o leitor confuso ou em dúvida.

4 – Mostre os benefícios: não adianta apenas escrever sobre o produto ou serviço, é extremamente importante mostrar qual a transformação a inserção do mesmo pode trazer para o consumidor. Nesse caso, as características cabem em segundo plano.

5 – Faça a sua promoção: parece óbvio, mas a maioria dos escritores não utilizam de recursos como esse, por acreditarem ser cansativo para o leitor. Pelo contrário, essa técnica existe para ser utilizada. Os resultados são surpreendentes.

Nada do que você acabou de ler vai ser válido, se você não se especializar nisso e buscar sempre atualizações. Ajude a divulgar essa profissão que está surgido no Brasil, se torne um profissional.

desenvolvimento-aplicativo-multlink

Que tal criar o seu próprio aplicativo?

Atualmente, existem aplicativos para diversos segmentos e isso facilita muito no momento de ter uma ideia genial e colocá-la em prática. Já imaginou ter um aplicativo para ser chamado de seu? Conhecer pelo menos o básico de programação e design podem ajudar no desenvolvimento do aplicativo para smartphone, porém, ter uma ideia inovadora e criativa é o que realmente faz a maior diferença no mercado. Com a ideia fresca na cabeça, você só precisa seguir alguns passos para transformá-la em um negócio.

O primeiro passo é se preocupar com o visual: Escolher cores, personalizações, imagens de abertura, de fundo e de cabeçalho, definir tamanhos e estilos. Após pensar na estética, é o momento de definir os conteúdos do aplicativo. Quando o visual e o conteúdo estiverem concluídos, é necessário se atentar aos detalhes, tais como: Decidir o nome do aplicativo e as descrições que estarão inseridas nele.

Viu como é simples? O grande segredo é a criatividade que surge da inspiração.

Após colocar toda a ideia em planejamento, é necessário correr atrás de uma empresa que invista no seu aplicativo para smartphone. Lembrando, que para obter sucesso nesse mercado, é preciso sempre desenhar estratégias alternativas. Permanecer na mesmice só causará frustrações pessoais.

Inove! Conte com a Multlinks!

More and more social networking

Redes sociais e suas influências

Orkut, Twitter, Youtube, Facebook, Instagram, Pinterest, Google +, Skoob, We Love It, Second Life... Essas (e muitas outras mais...) são as redes sociais que fazem parte de nosso dia a dia.

Redes Sociais e suas influências

Orkut, Twitter, Youtube, Facebook, Instagram, Pinterest, Google +, Skoob, We Love It, Second Life… Essas (e muitas outras mais…) são as redes sociais que fazem parte de nosso dia a dia. Elas entraram em nossa vida sem querer(querendo!) e de repente nos vemos viciados nesse mundinho, que cresce, cria novas necessidades e facilita nossas vidas.
Separei alguns quesitos que mostram como as redes sociais influenciam nosso cotidiano.

1. Ponto de encontro: Quem nunca encontrou um amigo de infância no Orkut ou no Facebook? Aliás, quem são seus amigos? Alguns estudos psicológicos já dizem que as redes sociais facilitam as conexões entre as pessoas. Inclusive, essas pesquisas explicam que a vida de muitas pessoas mudou, já que muito não se comunicariam sem essas mídias.

2. Compradores invisíveis: O criador da publicidade, Paul Joseph Goebbels, já dizia: “A essência da propaganda é ganhar as pessoas para uma ideia de forma tão sincera, com tal vitalidade, que, no final, elas sucumbam a essa ideia completamente, de modo a nunca mais escaparem dela. A propaganda quer impregnar as pessoas com suas ideias. É claro que a propaganda tem um propósito. Contudo, este deve ser tão inteligente e virtuosamente escondido que aqueles que venham a ser influenciados por tal propósito nem o percebam”. Pois bem, as redes sociais entenderam isso direitinho. Vou explicar o porquê: Quais as páginas que você curte? Por que curte? Já percebeu que não precisa mais ir à loja para comprar algo?! Que você está simplesmente apaixonado por uma marca só pelos posts que ela coloca no Facebook? Que você compartilha tudo que essa página coloca? Pela rede fica muito mais fácil atingir o chamado público-alvo, já que as pessoas agem como se o curtir (comprar a ideia de algo) seja uma coisa natural. As empresas que sabem tratar seu cliente como amigo nas redes, com certeza será a que terá mais lucros!

3. Rede SOCIAL: Todo mundo fala, todo mundo diz, todo mundo tem opinião, todos se sentem parte da sociedade, mudando algo. Todos se sentem únicos nessas mídias.  Na rede, as pessoas se mobilizam, se unem por um bem comum ou são separadas de forma mais visível para o grupo que pertencem. É preciso lembrar, que como o nome já diz, é uma rede, uma teia que se conecta e cria um novo grupo, uma nova sociedade.

4. Express information: Nessas mídias, as informações andam mais rápido, é muito mais fácil ver tudo em um só lugar. Todos os jornais, revistas, rádios, sites estão nesse lugar. Mas se você não curte nenhum desses meios, alguém curte por você e compartilha para te deixar mais aliviado (ops! Informado!)! Todas as informações nas redes são curtas e rápidas exatamente para você entender diante do mundo de informações que tem por ali. Pode-se dizer, que são duas palavras para uma assimilação extra rápida.

5. Simulação da vida real: Você é a mesma pessoa na rede social e na “vida real”? Muita gente na rede social cria um personagem e os motivos são diversos: para se proteger, para se integrar, entre outros. As mídias sociais fazem uma simulação da vida real em um meio virtual. O que em muitos causa até uma certa confusão. Fazer algo errado nesse lugar é mais fácil, já que se trata de potencial, que pode ser real ou não. Ou seja, é muito mais fácil fantasiar na rede social! Aliás, nos dias atuais, muita gente se sente mais confortável conversando em uma rede do que pessoalmente. E isso não é só, sabia que é possível até trocar de roupa na rede? Seu layout é sua imagem.

6. Está em todo lugar: Onde você usa sua rede? Celular? Ipod? Ipad? Na sala? No banheiro? Na cozinha? No shopping? No hospital? Não há barreiras para as redes sociais, elas estão em todos os lugares, onde você deseja que ela esteja! É portátil e ainda tem outro benefício é muito fácil de usar.