Como criar um site – Dicas para quem deseja entrar no mundo do Marketing Digital

como-criar-um-site

Acabou de abrir uma empresa e está interessado na criação de um site para divulgar os seus serviços? Então, esse artigo é ideal para você, já que vamos te mostrar pontos essenciais sobre como criar um site.

Primeiro, é importante destacar que é possível sim criar um site sozinho, mas contar com uma agência especializada em criação de sites é uma alternativa muito mais interessante para garantir um produto final correto e eficiente.

Lembre-se: o site é o canal mais importante do Marketing Digital, portanto, ele deve ser desenvolvido com cuidado e focado no que a sua empresa, de fato, quer conquistar

Vamos entender melhor tudo isso?

Afinal, o que é um site?

Talvez essa explicação seja um pouco batida, afinal, muitas empresas já possuem sites, não é mesmo? Porém, você sabe nos dizer se o seu foi feito corretamente? Então, o foco desse artigo não é apenas mostrar como criar um site, mas sim, te ajudar a entender também como melhorar o seu atual.

Dito isso, vamos para as explicações sobre o que é e como criar um site.

Em linhas gerais, um site é o conjunto de páginas ordenadas num servidor no qual o acesso acontece por meio de um domínio. Lá, você deve ter páginas que têm textos, imagens, gráficos, vídeos e outras formas de mídia.

Como criar um site - elementos essenciais

O objetivo deste website varia de acordo com as pretensões do seu negócio. Existem clientes que querem mais visibilidade online. Ou seja, quando alguém pesquisar por seu serviço, o seu site aparece. Também há pessoas que desejam vender por meio do endereço digital.

Com as estratégias corretas de marketing digital e com uma empresa especializada em criação de sites, essas duas missões são perfeitamente exequíveis.

Por que a sua empresa PRECISA de um site?

Como destacamos no começo do artigo, o site é o principal canal para uma estratégia de Marketing Digital. Sendo assim, a sua empresa precisa de um caso queira fazer negócios na internet.

“Tenho redes sociais e canal no YouTube, preciso de um site mesmo assim?”

Sim! Afinal, mesmo estando presente nesses outros canais, em algum momento, o seu público vai querer mais informações sobre os serviços e produtos. Então, naturalmente, ele procurará por um site com esses conteúdos.

Agora que você entendeu melhor a importância de um website, vamos listar coisas que não podem faltar na criação de sites.

7 dicas sobre como criar um site

Separamos 7 dicas essenciais que devem ser seguidas para garantir um incrível site, confira!

1. Registre um domínio

O primeiro passo é muito simples. Você precisa registrar um domínio para garantir que só a sua empresa poderá usá-lo. Também chamado de URL, trata-se do endereço do site – aquilo que os visitantes precisam digitar na barra para chegar ao conteúdo. As categorias mais comuns de domínio são a .com e a versão brasileira .com.br.

Contudo, também há algumas especificações de acordo com o segmento de atuação. Empresas de educação, por exemplo, podem usar o .edu. Já sites relacionados ao governo, podem optar pelo .gov.

Importante reforçar: para ter um domínio, você deve registrá-lo e pagar por ele.

Se o domínio que você deseja não for concorrido e ainda não foi registrado, o custo é geralmente baixo (cerca de R$ 30,00 por ano).

Contudo, é possível que você se depare com um domínio já registrado e fique na dúvida do que fazer.

Há duas opções:

  • Localizar o proprietário e fazer uma proposta para comprar o domínio;
  • Pensar em um nome alternativo que esteja disponível.

Você pode registrar o seu domínio junto com a contratação da hospedagem (falaremos mais abaixo) ou separadamente, direto no órgão responsável por gerir os domínios brasileiros: o registro.br.

2. Hospedagem

Para ilustrar esse tópico, faremos uma analogia: se o domínio é o endereço, a hospedagem é o terreno do endereço.

Em outras palavras, é na hospedagem que ficam todas as páginas, imagens e arquivos presentes no seu website.

A hospedagem é fundamental para o sucesso de um site, pois ela impacta diretamente na experiência de navegabilidade do usuário.

No mercado, há três principais opções:

  • Hospedagem compartilhada: valor mais acessível, mas você divide o espaço do servidor com outros site (o que reduz o desempenho da sua página);
  • Hospedagem dedicada: valor maior, mas a garantia de um servidor próprio para o seu site;
  • Hospedagem na nuvem: aqui, o seu site não fica em uma máquina física, com processador e memória próprios. Em vez disso, a nuvem torna-se uma rede de máquinas que compartilham recursos entre si.

Para escolher a melhor hospedagem, o ideal é avaliar o tamanho do seu site, a previsão de acessos por dia e, claro, o seu orçamento disponível.

3. Qual é o seu objetivo?

Já abordamos duas partes bem técnicas sobre como criar um site, mas agora o foco é seu objetivo.

Aqui cabe uma ressalva: partimos do pressuposto de que seu objetivo não é efetuar vendas diretamente pelo site, pois assim, você está pensando em um e-commerce.

Certo, se você não vai vender no seu site, o que mais ele pode oferecer de bacana?

  • Apresentar para o público uma linha de produtos e serviços;
  • Ajudar as pessoas a encontrarem o endereço físico da sua empresa;
  • Reforçar a credibilidade da sua marca com depoimentos de clientes, cases de sucesso ou apresentar a sua equipe;
  • Divulgar materiais educativos e ricos para gerar leads;
  • Criar um canal de contato direto entre o seu público e sua marca.

Essa nossa lista inteira pode estar dentro do seu site, mas é importante definir um objetivo principal entre esses elencados para evitar que sua página fique poluída com informações em demasia.

Para entender melhor como definir o objetivo ao criar o seu site, pergunte-se: você quer que sua empresa seja mais conhecida? Quer aumentar o número de leads? O que você busca?

4. Organize as páginas do seu site

Nessa etapa, você precisa definir quais serão as páginas do seu site. Boa parte dos projetos que desenvolvemos aqui na Multlinks seguem este esqueleto:

  • Home: trata-se da página inicial com uma boa imagem de abertura ou um carrossel com banners e frases de impacto;
  • Quem Somos: uma página voltada para a história da sua empresa e/ou equipe de trabalho;
  • Produtos e/ou Serviços: com informações completas sobre o que a sua marca oferece;
  • Contato: via formulário, além dos endereços e dos telefones;
  • Blog: uma seção do site com artigos explorando as etapas do funil de vendas para aumentar tráfego e gerar mais credibilidade para a empresa.

5. Site Responsivo

Você já ouviu falar sobre site responsivo?

Basicamente, são sites que conseguem se adaptar para uma exibição otimizada em distintos navegadores e tamanhos de tela.

Por que isso é tão importante quando falamos em como criar um site?

Simples: muitos usuários entram em sites por meio de smartphones e tablets, se a navegação do seu site não estiver otimizada para essas plataformas, você perderá bastante tráfego e pode até ser penalizado no seu posicionamento nos mecanismos de busca.

6. Conteúdo original e de qualidade

Já seguiu todas as dicas anteriores? Então, chegou o momento de escrever!

Lembra que falamos sobre organizar as páginas do seu site? É em cima daquilo que os conteúdos serão produzidos.

Confira dicas valiosas:

  • Determine um tema central para cada página: em sites, é aquilo que o usuário está pesquisando quando clicou no link que levará para a sua página;
  • Crie uma lista de tópicos: essa é uma excelente forma de ajudar a pessoa entender o começo, meio e fim do conteúdo, além de facilitar a escaneabilidade dos robôs dos mecanismos de busca;
  • Revise os tópicos: tudo faz sentido? Perfeito!
  • Transforme os tópicos em textos: aproveite cada tópico criado para explicar melhor sobre o assunto;
  • Peça ajuda na revisão: o ideal é um terceiro revisar seu conteúdo para garantir que tudo está certo.

Não esqueça de pensar sempre no público-alvo do seu site e explorar uma linguagem apropriada para ele.

Por exemplo: se você escreve para um público mais jovem, não é interessante criar um texto mais formal. Mas sim algo mais descontraído.

Importante reforçar: descontraído não quer dizer errado. Preze sempre por seguir todas as regras gramaticais da língua portuguesa.

7. Conteúdo visual

A nossa última dica é referente aos conteúdos visuais de um site.

Não tem jeito: imagens atraentes e de qualidade são primordiais. Elas conferem mais credibilidade para o seu conteúdo, além de darem um empurrãozinho na conversão de alguns visitantes.

Sendo assim, veja alguns tutoriais e dicas de como tirar imagens profissionais; busque referências de seus concorrentes; adote um estilo para registrar a sua marca na cabeça dos clientes e crie imagens respeitando as suas próprias limitações.

Somos especialistas em criar sites de sucesso

Especialista em criação de sites

O passo a passo sobre como criar um site parece um desafio, né?

Se você não tem tempo ou paciência para desenvolver todo esse material, por que não contar com uma mãozinha?

Conheça nosso trabalho! Somos a Multlinks, uma agência de marketing com mais de 12 anos de experiência no mercado. Nós sabemos os caminhos para alavancar os seus números!

Se ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários. Não esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos também.

Nos vemos no próximo artigo.

Compartilhar

Quero alavancar meus resultados



Blog

Compartilhamos nossos conhecimentos sobre Marketing Digital, Otimização de sites, Links Patrocinados, para que você possa entender como nossas soluções afetam positivamente os seus resultados. Confira!