Tag Archives: criação de landing page

Landing pages

Landing pages como usá-las para captação de clientes

O mundo do marketing digital funciona com suas próprias regras, sendo algumas práticas consideradas muito importantes,  como as landing pages ou em português as páginas de destino.

As landing pages é uma página de conversão, onde seu principal objetivo é ser o primeiro contato direto com o cliente e captar toda sua atenção com o conteúdo.  

O que são landing pages ?

De forma geral as landing pages são as portas de entrada para o usuário em um site. As principais informações devem constar nesse tipo de página, de forma que o usuário possa identificar de forma simples e direta.

O surgimento das páginas de destino está ligado com o direcionamento específico dos visitantes.  Ao invés de deixar o usuário acessar seu site e de certa forma se virar sozinho você o direciona para um conteúdo específico.

O que são conversões ?

O uso do termo taxa de conversão vem ganhando cada vez mais popularidade, principalmente no mundo dos e-commerces. Se fossemos definir de forma comum no geral as taxas de conversão são vendas.

Entretanto há uma explicação mais técnica da terminologia. Conversões são todos os e-mails cadastrados por clientes para baixar o seu conteúdo disponibilizado, cadastro ao newslatters e pedidos de orçamento.

Resumidamente a taxa de conversão é mais que somente vendas e sim uma série de interações positivas do cliente com o seu site. Além de serem ótimos indicadores para saber se sua campanha de marketing digital está ou não trazendo resultados.

As conversões são divididas em duas:

Conversão direta – quando o cliente realiza uma ação com relação direta a compra/venda. Ao se cadastrar para promoções ou até mesmo pedidos de orçamento. Essas ações costumam a levar ao principal objetivo dos e-commerces.

Com isso se seu negócio é voltado a esse nicho, deve sempre haver na landing uma forma de formulário para facilitar e encorajar a ação de compra.

Conversão indireta – esse tipo de conversão é voltada para conquistar o cliente. Não necessariamente as ações são de compra, mas sim de conhecimento e reconhecimento dos serviços que a empresa fornece.

Consideramos uma conversão indireta quando o cliente fornece alguns dados, como email, telefone, para receber novidades e promoções. Sem antes ter demonstrado interesse de compra de algum produto específico.

A indireta favorece uma apresentação dos serviços para um cliente com forte potencial de compra mas que ainda não se decidiu.

Onde as landing pages entram no mercado de marketing digital ?

Lading pages no marketing digital

É nessa necessidade de interação positiva e direta com o cliente que as landing pages entram em cena. Diferente das outras páginas dentro do seu website, a “página de destino’ tende a ser menos complexa mas de forma alguma deve ser visualmente pobre.

As informações nela contida não costumam ser muito extensas ou explicativas demais, pelo contrário quanto mais simples e clean melhor para o usuário.

Para associar a funcionalidade das landing pages com as campanhas de marketing digital é necessário exibir algo que estimule a curiosidade e encoraje a interação do cliente com o conteúdo exibido.

Com o conteúdo ideal as principais campanhas de recursos como o adwords podem ser todas direcionadas aquela landing page. Pela facilidade de associação com campanhas de marketing esse tipo de página oferece uma única utilidade, conversão.

As páginas de conversão são tão importantes para os negócios que no Google Analytics é possível fazer uma análise das dimensões das páginas de destino.

Como funciona a estrutura de um landing page  

A estruturação de um landing page é relativamente mais fácil que as páginas comuns de um site. Simplesmente por conter bem menos informações que as outras no geral.

É claro que um cuidado com a identidade visual é necessário. Afinal essa página tem a única função de conversão e se ela não for suficientemente atrativa o cliente não vai se interessar pelos serviços da empresa.

Título e subtítulo

São diversos especialistas que já chegaram a conclusão que um dos principais comportamentos em relação a leitura das pessoas é não visualizar o conteúdo inteiro.

Normalmente somente os títulos/subtítulos e pequenas descrições abaixo são lidas. O usuário não ler todo o texto que é colocado no ar não é inteiramente culpa de quem produziu aquele conteúdo.

Esse fator faz parte de uma análise comportamental do usuário da internet atual, que passa menos tempo lendo grandes textos e mais tempo em busca de títulos impactantes.

Tendo total consciência desse tipo de comportamento, procure focar bastante na qualidade dos títulos/subtítulos e nas pequenas descrições.

Invista na descrição da oferta

Como havíamos falado anteriormente, as landing pages são muito utilizadas em e-commerces e para que seu negócio possa alcançar bons resultados saiba construir uma boa descrição da oferta.

Evite textos quilométricos e demasiadamente descritivos, aposte em bullet points (listas) e com frases curtas. A funcionalidade de um serviço é importante saber, porém para criar uma boa oferta ofereça os benefícios.

Benefícios são bem mais chamativos que as funcionalidades técnicas dos produtos e serviços. Lembre-se que o objetivo é demonstrar que o que sua empresa proporciona é a melhor opção do mercado.

Associe as informações com chamadas visuais interessantes, procure uma imagem única e cores que representem de forma clara a identidade da empresa. Não deixe que seu anúncio se torne simplório demais, isso pode afastar um pouco o cliente.

Não se esqueça que uma boa forma de colocar sua landing page em uma boa colocação é utilizar as técnicas de SEO. Inclusive uma boa forma de criar os bullet points são com palavras-chaves específicas.

Para isso conheça profundamente bem as palavras chaves que chamem a atenção dos usuários.

CTA

Outro fator de muita importância é o uso de CTA (call to action), aquelas frases imperativas que convidam o usuário a realizar alguma ação, como por exemplo:

  • Saiba mais;
  • Baixe agora;
  • Peça seu orçamento;
  • Agende uma visita.

O CTA é feito para ser exatamente assim, claro e direto ao ponto e que instigue o cliente a realmente realizar a ação citada.

Os formulários

Não é possível existir conversão sem um formulário principal. É ao preencher o formulário que ocorre o recolhimento de dados e a devolução em ofertas e informações.

Saiba bem quais as principais informações que você precisa em um formulário, mas cuidado para não pedir algo muito pessoal. O cliente não quer ter a sensação de que sua empresa está invadindo sua privacidade.

Mantenha as informações obrigatórias no formulário com coisas bem simples e as mais intrusivas como opcional. Porém não deixe de analisar quais são as perguntas necessárias para que você possa montar o perfil daquele cliente e conseguir gerar leads.

Ações voltadas ao pós formulário

Quando planejamos a estrutura da landing page é interessante que não seja esquecido uma espécie de agradecimento após o preenchimento de formulário. Esse tipo de página é conhecida como thank you page.

Pode não parecer muita coisa mas devemos sempre levar em conta que qualquer cliente gosta de ser importante para a empresa em que ele busca um serviço.

Investir em um pop-up ou uma página simples com um pequeno texto de agradecimento pode fazer a total diferença.  

Como divulgar as landing pages

Não adianta nada criar uma landing page tecnicamente perfeita porém sem uma divulgação mínima, essa página não terá sucesso dessa forma. Como qualquer negócio virtual ou físico é preciso uma boa divulgação para que ele possa cair na graça dos compradores.

Alguns meios trazem resultados bem mais eficazes que outros, entre eles temos:

Email – seu site conta com um blog ? Se sim, olha sua grande oportunidade para divulgação da landing page.

Normalmente um blog pode ter um cadastro de newslatter e é com esse email captado que você pode inserir na área de visão e estimular que o usuário visite a página.

Quanto maior esse estimulo mais o cliente considera sua página como principal destino para aquisição de um específico serviço ou produto.

Redes sociais – é um fato comprovado que as redes sociais são cada vez mais importantes para qualquer tipo de negócio ligado com o mundo virtual. Principalmente quando lembramos que a maioria dos usuários está concentrada nas redes sociais.

Então invista em peso nas divulgações nesse tipo de mídia, pois a chance de gerar leads é bem maior.

Mídias pagas – quem disse que a mídia paga não podem ajudar a divulgação de uma landing page.
É necessário deixar claro que impulsionamento da landing page com anúncios pagos é uma opção bem viável.

Utilizá-la para estabelecer uma boa posição facilita futuramente os acessos orgânicos. E associado a palavra chave correta você tem a chave do sucesso.

Criação de landing pages

Mesmo tendo o conhecimento básico é importante quando falamos sobre criação reconhecer a necessidade de profissionais.

Um equipe profissional não tem somente as informações sobre landing pages de forma superficial. Um desenvolvedor entende todos as formas que a criação das página de destino pode acontecer.

E melhor que ninguém tem a visão criativa do que se encaixa melhor para seu negócio. As dicas fornecidas por toda a equipe de criação são indispensáveis para o sucesso da sua landing page.

Leia também sobre outras formas de captação de leads:
Como fazer sua empresa crescer com outras técnicas de marketing digital.