UX Writing – Você sabe escrever para os seus usuários?

UX Writing

Se você acompanha o nosso blog há um tempo, com certeza já se deparou com inúmeros aspectos que devem estar presentes na construção de um site otimizado, não é mesmo? Entre os principais fatores para perfomar bem na internet, temos a experiência do usuário (representada pela sigla inglesa UX – User Experience). No artigo de hoje, vamos aprofundar um ponto desse fator: a UX Writing, ou seja, o texto que deve ser produzido para otimizar a experiência do usuário que consome os seus conteúdos.

Clareza e objetividade nos textos são fundamentais para uma boa estratégia de Marketing Digital!

Quer entender melhor sobre tudo isso?

Afinal, o que é UX Writing?

Bom, vamos lá?

Acima comentamos sobre o termo UX (experiência do usuário)… Logo, é simples entender que UX Writing relaciona-se à produção de textos voltados para a otimização de experiência do usuário.

Em linhas gerais, esse tipo de estratégia consiste em selecionar minuciosamente todos os itens que compõem um texto, para assim, facilitar a jornada do leitor dentro do site.

Seguindo essa definição, é válido destacar que todo texto dentro de uma página possui uma finalidade específica, seja ele um conteúdo mais extenso ou os microtextos.

O foco aqui é trabalhar uma linguagem clara e objetiva, estimulando o engajamento do usuário e levá-lo para uma possível conversão.

Não se trata apenas de escrever corretamente, mas sim aplicar a semântica dos termos relevantes para o seu público-alvo!

Ou seja, o UX Writing não se resume apenas à escrita, pelo contrário! Essa atividade deve funcionar em sintonia com outras áreas, como o design e desenvolvimento.

*Os conceitos de UX Writing também podem ser aplicados na produção de e-mail marketing, posts em redes sociais e artigos no blog.

Qual a diferença entre UX Writing e outras escritas?

Uma boa redação é imprescindível em qualquer estratégia de marketing, afinal, ela pode ser aproveitada na produção de artigos no blog, páginas internas de um site, landing pages e muito mais. Então, naturalmente surge esse questionamento: qual a diferença entre a escrita UX e as outras modalidades?

Muitos profissionais que trabalham com UX Writing são formados em Jornalismo, ou seja, naturalmente, são bem instruídos no que diz respeito à produção de variados tipos de conteúdos. Porém, nem todo texto jornalístico é uma escrita UX.

1 (7)

Por exemplo: você sabia que nas matérias jornalísticas a orientação é que números de 0 a 9 sejam escritos por extenso? Pois é! Já em textos de SEO, o mais indicado é justamente usar a representação numérica.

Mas por que?

Lembre-se que ao trabalhar o UX Writing, a ideia é melhorar a leitura, economizar caracteres e aproveitar o espaço utilizado. Logo, mudanças sutis como a apontada acima tornam-se muito importantes.

Além dos textos jornalísticos, temos também uma modalidade de escrita amplamente confundida com a escrita UX: o copywriting.

A diferença aqui é ainda mais sutil, uma vez que o copywriting é uma estratégia bem famosa no marketing digital. Nessa abordagem, o foco é chamar a atenção das pessoas e atrair leads para a empresa.

Já o UX Writing, mesmo que inevitavelmente influencia na geração de leads, foca primordialmente na experiência do leitor.

Em outras palavras: o foco é produzir uma informação de valor para o usuário, guiando-se pelo produto/serviço, e não pelas vendas.

Beleza, mas como eu faço para aplicar o UX Writing?

Acredito que você já consolidou as ideias de UX Writing, certo? Então, vamos entender agora como aplicar essas estratégias.

2 (8)

Confira as dicas a seguir!

  • Objetividade na mensagem: destacamos ao longo do conteúdo que a objetividade é essencial na escrita UX. Portanto, esqueça termos mais rebuscados ou frases que tornem a leitura complexa demais. Uma dica de ouro é definir uma ordem de prioridade no conteúdo. Não esqueça: entender o que precisa ou não ser explicado é um esforço que depende diretamente do seu entendimento sobre a persona.
  • Analise cuidadosamente a jornada do cliente: acompanhe frequentemente o comportamento do seu cliente, para assim, entender o que faz eles continuarem ou interromperem a leitura. A razão pode ser relacionada a muitos fatores, como um design desarrumado ou um texto confuso.
  • Por que não um guia de escrita? Se você conhece muito bem o seu negócio e o seu público, com certeza sabe que existem termos e abordagens específicas para agradá-lo, correto? Então, monte um guia de boas práticas para quem for produzir o conteúdo, agregando mais valor ao material produzido.

Por fim, reforçamos uma ideia exposta no começo do artigo: o trabalho de UX Writing deve ser feito em conjunto com designers e programadores.

Aliando esses pilares, você terá um conteúdo de muito valor para potencializar a sua marca.

Marketing Digital é a especialidade da Multlinks!

Agora que você conferiu o que é UX Writing, o que acha de potencializar a sua marca para bombar o seu negócio no meio on-line?

Não tem tempo ou paciência para desenvolver isso? Então, por que não contar com uma mãozinha?

Conheça nosso trabalho! Somos a Multlinks, uma agência de marketing com mais de 12 anos de experiência no mercado. Nós sabemos os caminhos para alavancar os seus números!

Se ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários. Não esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos também.

Nos vemos no próximo artigo.

Compartilhar

Quero alavancar meus resultados



Blog

Compartilhamos nossos conhecimentos sobre Marketing Digital, Otimização de sites, Links Patrocinados, para que você possa entender como nossas soluções afetam positivamente os seus resultados. Confira!